Medidores de energia não tem payback!

Nós da Mitsidi somos categóricos. Medidores de energia não tem payback se não souberem usar a informação que eles geram.

Muito se diz a respeito da implementação desses itens que medem o consumo energético dos equipamentos em que são instalados. As poucas indústrias que possuem sistemas de submedição se orgulham em dizer que sabem exatamente quanto gastam.

Uma das principais ações para quem deseja poupar energia é controlar o consumo, afinal “não se controla o que não se mede”. Os medidores atuais são capazes de informar muito mais do que apenas quantos kW são consumidos em cada processo. Muitas vezes apresentam também dados específicos como fatores de potência e harmônicos de terceira e quinta ordem. Entretanto, ter dados de consumo isoladamente não traz eficiência energética nem nenhuma redução de gastos.

Conhecer o consumo de seus equipamentos e não transformar essa informação em ações que reduzam a quantidade de energia consumida faz com que os medidores sejam apenas brinquedos caros na mão de profissionais de manutenção.

Edward Borgstein explica

“informação de consumo sem planejamento de ações para melhoria é apenas curiosidade. É necessário ter um profissional capacitado que faça a gestão energética”.

Uma estratégia efetiva para conseguir eficiência energética, por outro lado, é saber comparar os consumos em diferentes condições de produção e identificar as relações entre consumo e produção. “Se as variações de produção não tiverem uma boa correlação com o consumo energético o gestor da indústria possivelmente tem um problema” afirma André De Dominicis

benchmarking energético é uma prática essencial na gestão. Ao comparar seu consumo com outras indústrias do mesmo setor é possível analisar em que nível se está, e onde é possível chegar com determinadas medidas.

Conclusão

A incorporação dos medidores é um importante passo de uma série que levará à eficiência energética. Mais importante que comprar medidores para conhecer seu próprio consumo e mapeá-lo, é dialogar com especialistas em eficiência energética e entender em que ponto está a sua gestão de energia.

É preciso reavaliar o processo e os dados de medição e verificar se as medidas implementadas são suficientes ou podem ser melhoradas, fechando um ciclo de melhoria contínua.

gestao-energetica-mitsidi-ebook