O Ministério da Indústria, Energia e Mineração do Uruguai conta com uma forte estratégia de uso racional de energia. Recentemente o país publicou um Plano Nacional para Eficiência Energética para os anos de 2015 a 2024.
Parte fundamental dessa estratégia é a utilização de sistemas de eficiência energética em edifícios. Isso inclui normas de construção sustentável para residências e um programa de benchmarking de desempenho em edifícios existentes.

A Mitsidi foi contratada para realizar um estudo técnico e desenvolver a estratégia nacional frente ao benchmarking. Além disso, desenvolvemos um benchmark piloto para prédios públicos. Atualmente, a Mitsidi está em missão técnica em Montevideo, realizando visitas técnicas a edifícios públicos, incluindo diversos ministérios e departamentos governamentais.

O que podemos concluir?

É interessante notar a diferença no padrão construtivo e de uso das edificações. A maior variação sazonal gera altas demandas para frio e calor, e a maioria dos edifícios utiliza sistemas únicos para atender a essas demandas. Há uma grande variedade de sistemas, incluindo chillers, bombas de calor, fancoils com aquecimento de água a gás ou fuel oil, dentre outros.

Um ponto interessante é o uso  de sistemas Split calor/frio em todos os lugares. Neles, o ar condicionado atua como bomba de calor e proporciona aquecimento quando necessário. Algo a se pensar para conforto térmico nos piores dias de inverno em São Paulo.

gestao-energetica-mitsidi-ebook